quinta-feira, 3 de março de 2011

BB 2.0 e eventuais implicações numa condução subjetiva da escolha dos excedentes de agências



Com a implantação do BB 2.0 em decorrência da implantação do Novo Modelo de Relacionamento Varejo, de conhecimento dos funcionários do BB, poderão ocorrer extinções de cargos em algumas agências e a necessidade de realocação destes funcionários para outras agências.

Segundo o calendário do BB, no dia 04.03.2011, as agências que tiverem excedente de pessoal em decorrência de extinção de cargos, deverão indicar o(s) funcionário (s) que serão realocados pela Superintência, respeitados, conforme instruções do BB, função remunerada na mesma praça, oportunidade na mesma agência, função remunerada em praças próximas, oportunidades na mesma praça e praças próximas, nesta ordem.

O Sindicato dos Bancários, sempre se preocupando com os interesses da categoria, vem acompanhando o procedimento, a fim de evitar possíveis lesões aos seus representados.
Como não há um documento relatando detalhadamente o procedimento, há o receio de que este se dê de forma inadequada.

O Sindicato dos Bancários entende que a indicação do excedente das agências deve ser feita por sua Gerência Geral, de forma sigilosa e observados critérios objetivos na escolha deste excedente, forma esta que o BB, de modo informal, disse que seria respeitada.

Há o receio de que esta escolha seja feita pelo quadro total da agência, ou parcial, com ingerência de interessados no procedimento, ocasionando, eventualmente, a discriminação de funcionários, ou aplicação de critérios subjetivos na escolha.

Por: Dra. Caterine da Silva Ferreira - Advogada do Sindicato

28 comentários:

  1. Mais uma vez o banco acabando com a minha saúde. Não bastasse o assédio moral diário, os conflitos, metas, agora preciso aguardar até dia 25 se manterei minha comissão, coisa que na Nossa Caixa não havia tanta insegurança como hoje em dia. Parece que é feita uma lavagem cerebral nos funcionários e nós temos que nos contentar com isso. Até quando?

    ResponderExcluir
  2. O Banco do Brasil estava acostumado com seus robos, e, deparou-se com os funcionarios BNC que nao se rendem a assedio moral e constrangimentos. Por que mesmo que nos discursos prontos falem que somos todos BB, sempre ouvimos a famosa pergunta - Voce e BB ou BNC?

    ResponderExcluir
  3. O BB eh uma bosta! Falaram tanto desse TAO, mas o merito pessoal para eles nao conta nada. Claramente ha o favorecimento dos funcionarios do BB em detrimento dos BNC, que diga-se de passagem, sao muitos mais capacitados e contribuem muito mais para o atingimento das metas.

    ResponderExcluir
  4. Com a rodado do BB 2.0 ~foi percebido a quase extinção da comissão 04690 que já passou por várias mudanças em sua nomenclatura( Gerente de expediente para gerente de modulo un e agora para gerente serviços) a funçao é responsavel pelo carteirão e o setor adm das dependencias, e pior onde o banco acha que não tem cliente suficientes para acionar um gerente de relacionamento (contas) para pessoa fisica ou juridica o gerente de serviços é massacrado pela cobranca de metas e o assédio é insuportavel

    ResponderExcluir
  5. Ta na hora de a Dilms colocar mulheres no comando do BB. Do jeito que esta,nao da. Como disseram,o gerente que cuida do carteirao vai ser massacrado.Existe agencias que quase nao possuem assistentes.Esse 2.0 no meu ponto de vista,foi a coisa mais estupida que observei.Nem no mais remoto tempo de BNC vi tamanha trapalhada.Sorte e saude para quem ainda tem tempo pra se aposentar.PS Esse ano abrira muitos concursos!!!

    ResponderExcluir
  6. Ei pessoal do sindicato e afiliados, até quando vao deixar o BB pisar nos funcionários, como estao fazendo com os gerente de serviços atualmente, sobrecarregando, tratando como mulas de carga deixando todo o trabalho adm e negocial dos carteirões para nós, precisamos de ajuda, e para complementar estao nos deixando sem os assistentes.
    Será que alguem lembra o que é qualidade de vida? nós gerente de serviços estamos esquecendo o que é isso para viver uma vida de incertezas, com direito a assédio moral e consultas com psicólogos (que o convenio não cobre 100% dos custos, ainda temos de participar com o nosso provento).
    Stress e correria nas agências, com a cobrança de metas abusivas sem mão de obra para executar esta é a realidade atual...

    Socorrooooooooooo!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. favor comentar a acao do sindicato de Brasilia:"Jornada de 6 horas é tema de reunião do Sindicato na agência Jardim Botânico do BB
    Qui, 17 de Março de 2011 13:30
    A luta pelo cumprimento da jornada de 6 horas foi o principal tema da reunião do Sindicato na agência Jardim Botânico no Banco do Brasil nesta terça-feira 15. No encontro, diretores do Sindicato resgataram o histórico da mobilização no BB pelo respeito à jornada legal e reforçaram a necessidade da busca por novas conquistas."

    ResponderExcluir
  8. Pelo jeito, seria melhor os bancários do BB e principalmente da extinta Nossa Caixa, se desligarem do Sindicato da Categoria, pois ao meu ver NADA está sendo feito para ajudar esses infelizes que foram compulsoriamente VENDIDOS e se encontram em um mar de tormentas sem ter quem os ajude a entender realmente como funciona o Esquema BB de relacionamento com os clientes e principalmente com os funcionários. Ninguém se preocupou em ao menos preparar um curso presencial de integração à nova empresa, onde TODOS tivessem a oportunidades de participar. Como já disse outro companheiro fazem uma lavagem cerebral, e cobram metas e formas enganosas de anotar o ponto eletrônico, senão tiram pontuação das agências. Tudo para não serem responsabilizados perante a Lei Trabalhista. Ninguém fica trabalhando a mais porque quer. Todos temos compromissos familiares, se ficamos é porque acima de tudo temos uma imensa responsabilidade com o nosso trabalho e com os clientes. Onde está o Sindicato que não vê essas coisas acontecendo???

    ResponderExcluir
  9. Agradecemos todos os comentários e já entamos encaminhando -os para a diretoria e presidência!!

    ResponderExcluir
  10. SONIA REGINA DELL´AMO21/3/11 18:34

    Esse comentário de que a desfiliação sindical vai resolver a situação, na minha visão é errônea, até porque é tudo que os banqueiros querem ver: uma categoria desunida e totalmente revoltada com as entidades que as representam.
    E quando chegar a data base (setembro), hora em que todos devem se unir para reinvidicar seus direitos, a pressão do banco, a desunião entre os colegas e a revolta para com o sindicato impedem os trabalhadores de exercer o direito de "fazer greve" se necessário for.
    Está faltando mais respeito com os colegas, por parte de alguns gestores e demais comissionados. Existem regulamentos do banco que devem ser cumpridos, mas a forma com que essas regras são colocadas depende muito das gerências. A PLR acabou sendo a grande vilã da história, no meu entendimento. Ela trouxe as metas, necessárias a qualquer empresa, mas se tornaram abusivas e com elas veio também o assédio moral.A PLR é muito importante com certeza. Queremos que nosso banco seja cada vez mais forte no mercado e com isso também o valor recebido "seria" cada vez maior. "Seria" porque não é assim. A distribuição do lucro não agrada a todos, principalmente os que ganham menores salários.
    Com relação ao fato dos funcionários oriundos do BNC necessitarem de mais cursos, é uma grande verdade. Já foi cobrado o banco por várias vezes. Na verdade, quando aconteceu o fato relevante, não houve essa preocupação por quem vendeu, nem por quem comprou.
    Poderia aqui ficar escrevendo muito mais, mas resumindo quero fazer um apelo a todos os funcionários do Banco do Brasil:
    1. Acho válido a troca de informações nas comunidades, blogs, etc... mas sem deixar de lado o diálogo nos foros competentes. Temos roteiros de diretores do sindicato que visitam as agencias de nossa base (40 cidades) todas as semanas. Conversem com os mesmos.Temos o site www.bancariosorocaba.org.br que tem um link "denuncie" onde não é necessário se identificar. Apenas colocar o problema e a agência. Até hj não deixamos de ir atrás de resolver problema que foi denunciado.
    Estamos pedindo uma reunião com representante da Comissão de Empresa dos Funcionários, uma vez que todos os problemas são generalizados.
    Acompanhem de perto as ações de seu Sindicato. Liguem, cobrem. É um direito de todos vcs.
    Meus telefones: (15) 3229-2990 e 9788-1782.
    Temos dirigentes sindicais nas Agências de Tatuí, Boituva (forum), Ag. Catedral (Sorocaba) e Hermelino Matarazzo (Sorocaba).
    Temos o Departamento Jurídico (Dra. Caterine) sempre à disposição de todos para tirar dúvidas.
    Usem toda a estrutura do Sindicato que é de voces e para voces.
    Um abraço
    SONIA REGINA DELL´AMO
    dirigente sindical

    ResponderExcluir
  11. Concordo com a dirigente sindical, sem denuncias não existem problemas para serem resolvidos. Temos que nos unir, denunciar e cobrar soluções. Será que todas as pessoas que sofrem assédio, que estão descontentes com a postura do banco já fizeram algo para mudar a situação? Já tentaram por meios que tenham no próprio banco, ou fizeram denuncias sobre os problemas que estão tendo?
    Criticar e reclamar não irá trazer solução.

    ResponderExcluir
  12. Todos estão reclamando dos gerentes do carteirão, mas ninguém vê também como os gerentes gerais são massacrados pelo Super...assédio moral puro, ameaça de descomissionamento sem avaliação, palavras de baixo calão diretamente e diariamente...insuportável...Está na hora do Sindicato vir em defesa de todos os Gerentes e não só na base de Sorocaba, mas também em outras bases...

    ResponderExcluir
  13. Gerentes Gerais ganham PLRs compensatórias.

    ResponderExcluir
  14. Gestores ganham PLR maior, mas nada que justifique tamanho Assédio. A responsabilidade já é maior. Em relação ao que disse a Dirigente Sindical, Estou de acordo em "quase" tudo, pois entendo ser este um canal aberto para que possamos colocar nossos problemas do dia-a-dia. Por sinal acho uma iniciativa muito avançada por parte de nosso Sindicato. Então, se nos identificamos corremos o risco de sermos marcados. Que tal os diretores sindicais que estão nas agências pesquisarem sobre os assuntos levantados neste Chat, mesmo que seja informalmente?

    ResponderExcluir
  15. Caro bancário,

    AgradecemoS sua participação e é isso que queremos proporcionar com este espaço: que o bancário participe, dê sugestões, enfim... Essa participação é muito importante para desenvolvermos nosso trabalho em prol de vocês.
    Estamos encaminhando as sugestões para a presidência e diretoria.

    Mais uma vez, agradecemos todas as participações!

    ResponderExcluir
  16. Ora ora... pelo visto temos muitos gerentes insatisfeitos tb.
    E quem, senão os gerentes, sempre coniventes com os absurdos cometidos pelo BB, seriam os maiores responsáveis pelo clima intolerável vivido no BB?
    Não são esses mesmos gerentes que desligam os paineis de senha, dando a impressão de que o quadro de funcionários das agências é adequado para realizar o atendimento?
    Não são esses mesmos gerentes que convocam intermináveis reuniões, fora do ponto, para discutirem a droga inútil do sinergia?
    Não são esses mesmos gerentes que dizem que, se quisermos "crescer" temos que fazer sacrifícos, como entrar as 9h pra participar de reuniões inúteis e sairmos após as 18h, pra darmos conta do trabalho - graças, óbvio, aos gerentes, que mascaram os resultados do painel de atendimento.
    Quanto aos treinamentos, melhor deixar pra lá né? Porque pelo que tenho observado, os gerentes simplesmente colocam no nosso ponto X horas de treinamento realizado, e depois, na maior cara de pau, nos mandam estudar em casa. Claro!!! Eu não tenho mais NADA pra fazer.Eu não tenho vida social. Não preciso cuidar da casa nem da família. Posso perfeitamente me dedicar 24 horas por dia ao BB.
    E quanto ao sindicato, onde estavam vocês, quando eu liguei pra denunciar reuniões e 'treinamentos' fora do ponto? Dei dia e hora e ninguém compareceu para averiguar. Onde estavam vocês quando eu liguei para denunciar assédio moral e discriminação?
    Talvez o melhor seja se desfiliar do sindicato mesmo... Já que não conseguimos trabalhar de maneira digna, ao menos a gente já sabe de onde tirar o din din pro calmantezinho, enquanto aguardamos novos concursos.

    ResponderExcluir
  17. "Já tentaram por meios que tenham no próprio banco, ou fizeram denuncias sobre os problemas que estão tendo?
    Criticar e reclamar não irá trazer solução."
    O que será que trará solução então, não?
    Os meios que existem no próprio banco são ainda mais sujos que os gerentes que cometem "excessos". Ao ligar na GEPES, por exemplo, fui orientando a solucionar meu problema conversando com o gerente. O que esperar disso?

    ResponderExcluir
  18. Na minha agência, antes de rodar o BB 2.0 o gerente nos ameaçava com a possibilidade da extinção de diversas vagas na agência. No caixa sempre com a cobrança da venda de consórcios, que convenhamos, é quase impossível se concretizar no guichê de caixa, já que existe a pressão para o atendimento da fila no prazo para que não estoure o termômetro de atendimento.
    Quando finalmente rodou o 2.0, perdemos um gerente e um assistente, no dia seguinte o gerente fez uma reunião com a bateria de caixa nos ameaçando com a perda de uma vaga de caixa, caso não ajudassemos a cumprir a meta de consórcios.
    Acho que o sindicato deveria cobrar do nosso gerente regional uma posição, já que a pressão e as ameaças só aumentam, o assédio moral logo ficará insuportável, assim como o clima no ambiente de trabalho. Já que os próprios colegas elegem internamente quem seria o escolhido para a perda do cargo. Ao invés de trabalharmos em equipe, parece que um acaba se virando contra o outro.
    Ah claro, isso sem falar no 2º gerente vindo do BB que acha que todo mundo que é BNC não serve, e usa de humor negro na conversa com os subordinados, já que nunca sabemos quando ele brinca e quando existe a ameaça real (ou ele nos ameaça fingindo brincar para escapar de uma denúncia de assédio moral).
    Não sei como é o clima nas agências que já eram BB, mas nas agências da antiga Nossa Caixa, o clima está ficando insuportável.

    ResponderExcluir
  19. Concordo que o sindicato esta demorando muito para agir, porque no discurso do BB diz-se que qualidade de vida dos funcionarios é importante, mas na pratica tudo é balela, porque quanto mais carrasco o gerente, mais queridinho do regional ele é.
    Mesmo sabendo que as metas sao cumpridas debaixo do chicote, ameaças e assedio.
    O que importa é PLR gorda, p/ quem já tem os melhores salarios.
    O MPT, deve ser procurado,mas se o proprio funcionario tiver que fazer isso, porque sindicato?
    O BNC tem um grande numero de funcionarios que são socios do sindicato, mas não estão tendo o respaldo que merecem.

    O sindicato tem obrigação de zelar pelos interesses dos funcionarios, para que estes tenham o minimo de dignidade humana.

    ResponderExcluir
  20. Anônimo2/4/11 03:54

    O Sindicato dos Bancários de Sorocaba vem cumprindo sim, o seu papel de zelar pelos direitos, e não pelos "interesses" dos funcionários.

    O diálogo é o caminho a ser seguido para se alcançar a solução para os problemas do cotidiano, pois os conflitos são inevitáveis nas relações de trabalho.

    ResponderExcluir
  21. Anônimo2/4/11 04:18

    Olha eu acho que não adiante vcs do sindicato ficarem bravinhos com as nossas postagens, pois se estamos desabafando aqui é porque confiamos que só vcs podem nos ajudar nesta hora de aflição. Acho que este é o caminho. E as postagens aqui são uma forma, talvez a melhor encontrada até agora. Afinal p/ que serve a abertura de um espaço para comentários, se ao que parecem vcs querem saber somente de elogios. E, mais o nosso problema maior mesmo é com as politicagens da empresa a qual pertencemos no momento o que leva inquestionavelmente aos Assédios Morais recorrentes. Só estamos querendo que vcs. diretores do Sindicato se mobilizem e verifiquem a veracidade das denuncias aqui contidas e por favor fazer a sua parte é Negociar com a empresa, através da Regional para que haja a solução do problema, e não apenas deixar para resolver tudo em setembro e com greve. Acho que mto se faria em realizações de mesas redondas periódicas, pois na época da data-base o mais importante, e que o sindicato faz bem, é evitar as perdas salariais. Porém não é somente de salários que se vive. Mesmo os escriturários, que ganham pouco em relação aos comissionadas estão insatisfeitos com muito mais do que salários.

    ResponderExcluir
  22. Anônimo2/4/11 17:08

    Sou sindicalizado, defendo a ideia que se é ruim com sindicato, muito pior sem.
    Mas o sindicato esta equivocado quando diz que não tem que zelar pelo interesse do funcionário, porque está contrariando o artigo 513, alinea "a" da CLT: São prerrogativas dos sindicatos :
    a) representar, perante as autoridades administrativas e judiciárias os interesses gerais da respectiva categoria ou profissão liberal ou interesses individuais dos associados relativos á atividade ou profissão exercida;
    Me senti muito mal representada com a posição de que o sindicato tem que zelar pelo direito e não pelos interesses.
    O colega tem razão quando diz que o sindicato tem que zelar pelos seus interesses, a CLT autoriza ele cobrar esta postura.
    Estou registrando este comentario, porque quero o melhor para a categoria , mas isso exige amadurecimento e conhecimento dos direitos e das obrigações.

    ResponderExcluir
  23. Anônimo4/4/11 08:56

    So pra complementar. Nao aguento mais ouvir que se nao vendermos nao receberemos a PLR adicional. Meu Deus, sera que esses gerentes pensam que os escriturarios sao um bando de idiotas? PLR adicional e so pra comissionado!!! Poupem nossa inteligencia. Outra coisa, acho que o BB deveria distribuir remedios tarja preta de graca para o funcionario, tais como, Lexotan, Gardenal... Ja estou visualizando a hora em que teremos mais funcionarios de licenca psquiatrica que nas agencias.

    ResponderExcluir
  24. Anônimo6/4/11 18:36

    ...estou rindo com tudo isso, mas a verdade é que o assunto é muito serio, pois não bastasse toda a confusão e perdas ocorridas no processo de incorporação, ainda temos que enfrentar os clientes que tambem foram desrespeitados em varios aspectos. E quem é que encara o cliente e precisa encontrar desculpas esfarrapadas para os erros cometidos pelo BB? Justamente aquele que ganha esse salario de miséria, o Escriturario, que sem preparo algum (não por culpa propria)foi praticamente "jogado aos leões". Sei de casos de funcionarios que foram agredidos verbal e fisicamente por conta dos absurdos cometidos pela empresa, e digo mais, 2012 está ai, e aquilo que ouvimos todos os dias dos clientes vai acabar acontecendo: muitos irão para a concorrencia...infelizmente, nós funcionarios não podemos (ainda) ter a mesma atitude dos clientes lesados, entao que pelo menos possamos contar o sindicato!

    ResponderExcluir
  25. O BB incorporou o BNC para aumentar sua participacao em SP, mas como disse o colega acima, 2012 esta ai, e, os clientes irao sim para a concorrencia. O servidor publico teve tudo cortado. O mundo dos negocios e um toma la da ca. Os clientes nao serao fieis ao banco, se esse nao tem nada a oferecer. E o Santander ta babando de alegria. Ja vi cliente saldando divida no BB com dinheiro emprestado no Santander. Bom, se formo continuarmos falando em Santander, vamos perder de goleada....

    ResponderExcluir
  26. Olha, acho que as coisa começam a tomar um rumo que não é da alçada do sindicato. Se a estratégia do Banco é perder uma fatia dos clientes para a concorrência, então que seja. Porém a estratégia que NÃO podemos aceitar é quanto ao Assédio Moral recebido por todos os funcionários do BB, (os que sempre foram BB e os que foram BNC), pois esse tal de BB 2.O e esse tal PCR não passam de Projetos "prá ingreis ver". Não melhora em nada prá ninguém só continua igual como era antes, mas com nova nomenclatura.

    ResponderExcluir
  27. Que todos saibam q o bb 2.0 fez mais uma vitima.
    Agora eles resolveram mexer nas tais vagas "bloqueadas"(10 na regiao). Acabo de ser descomissionado e para não ficar totalmente no prejuizo tive que aceitar ser rebaixado de ger serviços para assistente. Depois de mais de um mes tentanto fugir do arduo peso de ter que escolher entre os gerentes quem seria cortado, o pobre do meu gerente teve que escolher alguem. Questionado sobre os criterios, afirmou que nao sabia explicar o porque da escolha já que na sua percepção todos eram igualmente otimos funcionarios. Caso eu optasse por manter o cargo deveria estar disposto a estabelecer nova residencia em cidade a 100km da minha residencia, tendo que arcar com todas as despesas de viagem, aluguel.Isto sem falar nos prejuizos a vida pessoal e familiar. Totalemente inviavel. Para que minha ag continuasse a ter o meu cargo, inventaram um parametro louco, que so leva em consideração os clientes sem restrições, atrasos e que exclui da categoria "clientes" todos aqueles que somente tem poupança. E estamos falando de um banco publico, que se auto-intitula o banco de todos os brasileiros...Sabe-se se la o q ainda está por vir... E o lucro batendo recordes de crescimento... O sindicato deveria fazer algo a respeito com urgencia...Tem mais gente nesta situação na regiao... Eu ainda consegui continuar comissionado no mesmo local, mas tem gente casos em que se perdeu cargo de gerente e nao se criou cargo de assistente na agencia e a vitima tem que rezar para aparecer uma vaga comissionada...nem que seja na conchinchina.. se sujeitando as tais "transferencias forçadas" para tentar manter um minimo de dignidade.
    SINDICATO SOCORRRO!!!!!

    ResponderExcluir